top of page

Revista Guia BLM IA: Explorando a Relação entre Inteligência Artificial e o Universo Jurídico

É com grande entusiasmo que apresentamos a revista Guia BLM, dedicada a explorar temas relativos ao universo jurídico. Nesta edição, nossos sócios abordarão temas essenciais que permeiam a interseção entre a IA e o Direito.


Direito de Personalidade e Inteligência Artificial, de autoria de Cíntia Regina Mendes, nos conduzirá a uma reflexão sobre como a IA impacta o respeito aos direitos individuais e a privacidade. Explore as questões éticas e legais envolvidas no tratamento de dados pessoais por meio da Inteligência Artificial.


No artigo Uso da Inteligência Artificial no Meio Corporativo e a Necessidade de Regulamentação, Daniel Lara Moraes nos conduzirá por um panorama dos benefícios e desafios que a IA apresenta no ambiente corporativo. Descubra a importância de uma regulamentação adequada para garantir o uso ético e responsável da tecnologia nas empresas.


Em Golpes que se utilizam da IA, Cíntia Regina Mendes nos alertará sobre um aspecto crucial e muitas vezes negligenciado: como a Inteligência Artificial pode ser explorada por criminosos em golpes e atividades ilícitas. Aprofunde-se nesse tema e compreenda as medidas necessárias para proteger-se contra tais ameaças.


Por fim, Uso da Inteligência Artificial na Justiça do Trabalho, por Ana Paula Crispim Cavalheiro, abordará um campo em constante evolução. Saiba como a IA está sendo empregada como ferramenta de prova em processos trabalhistas e quais são os desafios e perspectivas para o futuro do Judiciário.


A equipe do Guia BLM está empenhada em fornecer uma abordagem abrangente e acessível a esses temas complexos e de extrema relevância na era da tecnologia. Esperamos que esta edição ofereça insights valiosos e inspire reflexões sobre o papel da Inteligência Artificial no contexto jurídico.


Aproveite a leitura e esteja preparado para desbravar o universo dinâmico e instigante da IA aplicada ao Direito.


Boa leitura!


Atenciosamente,

Bonavides, Lara, Mendes, Bicudo, Crispim e Hengles Advogados


Acesse a revista AQUI!

Comments


bottom of page